Molibdênio


Molibdênio

Micro mineral essencial que participa de reações como cofator de enzimas no nosso organismo, sendo que sua forma biologicamente ativa é chamada de CoMo, importante para as enzimas xantina oxidase e xantina desidrogenase oxidarem a xantina em ácido úrico. Absorvido através dos alimentos gera um pico de concentração no plasma após 40-60 minutos e permanecem durante umas 8 horas, quando não incorporado às estruturas celulares começa a ser eliminado pela urina em forma de molibdato. A sua concentração nos tecidos e líquidos corporais é baixa, sendo as maiores concentrações localizadas nos rins, fígado, intestino delgado e glândulas suprarrenais.

**Outros benefícios: Auxilia na fertilidade masculina Atua no metabolismo de álcool, drogas e toxinas Colabora no metabolismo do ferro e enxofre Ajuda na quelação do excesso de cobre Fator antiage Previnem doenças inflamatórias, metabólicas, e também o câncer Ação antioxidante

**SAIBA MAIS: O molibdênio também é importante para os ossos e os dentes, especialmente para o esmalte dentário. Deficiências genéticas e nutricionais de molibdênio são raras. Pode causar incapacidade intelectual, convulsões, opistótono e deslocamento do cristalino. O IDR é de 50 a 400 ug /dia.

**Alimentos ricos no mineral em porção de 100g: Lentilha – 120ug Semente de girassol – 103ug Feijão – 66ug Germe de trigo – 200ug Macarrão – 51ug Damasco – 14ug Ovo – 50ug Frutos do mar – 20ug Batatas – 25ug Arroz – 47ug Frango – 40ug Pão integral – 25ug Batata inglesa – 25ug

#Molibdênio #drLeoKahn

27 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :