Catequinas


Catequinas Polifenól do grupo dos bioflavonóides possui importante ação antioxidante e antiinflamatória, presente em frutas, vegetais e flores. Quando está presente no organismo e encontra um radical livre, reage com o mesmo evitando a oxidação de células sadias. O tanino dessa molécula é melhor antioxidante do que somente o flavonóide da mesma, pois é formado por três estruturas de catequina, conseguindo atuar sobre três radicais livres ao mesmo tempo e os produtos dessa reação são compostos denominados quinonas.

Outros benefícios: - Previne doenças cardiovasculares - Auxilia na quelação de íons metálicos - Atua na inibição da oxidação das LDL (lipoproteínas plasmáticas de baixa densidade transportadoras do colesterol) - Neutraliza radicais livres - Regenera a vitamina E - Inibe a agregação plaquetária - Protege o aparelho vascular por interação com cadeias peptídicas de colágeno e elastina que revestem os vasos sanguíneos - Exibem ação protetora tumoral e antiage

SAIBA MAIS: - Já foram identificados mais de cinco mil diferentes flavonóides. - Existem outras fontes de antioxidantes exógenos que são os casos da vitamina A e C (ácido ascórbico). - Ambas possuem em sua estrutura hidroxilas, que assim como os fenóis, têm facilidade de perder um hidrogênio e oxidar. - Outra característica que vale ressaltar sobre taninos é a capacidade que têm de reagirem com proteínas. - Esta associação tem diversas funções, sendo a principal delas a inibição enzimática. - Quando ingerimos taninos presentes em alguns alimentos, que é o caso do vinho, sentimos um sabor adstringente. - Isto ocorre porque as catequinas e os demais taninos do vinho reagem com as enzimas salivares as inibindo e formando um complexo tanino/proteína. - Outro exemplo é a ação antimicrobiana desses compostos. - Os taninos condensados são capazes de reagir com as enzimas responsáveis pela catálise de transporte de nutrientes de algumas bactérias. - Quando esta reação acontece esta enzima torna-se inativa e, portanto, resulta na falta de nutrientes para a bactéria. - Compostos polifenólicos de mais baixo peso molecular, como as catequinas, são capazes de atravessar diretamente a barreira intestinal. - A catequina está presente no chá verde e lhe confere o famoso sabor amargo. - Estão presentes em grande concentração em alimentos vegetais que fazem parte da dieta mediterrânea. - O vinho tinto e as uvas possuem uma capacidade antioxidante mais potente que os polifenóis puros.

Alimentos ricos em catequina: - Chás branco, preto e verde - Soja e derivados - Uva e derivados - Morango - Amora - Framboesa - Mirtilo - Alho - Maçã - Chocolate amargo - Folhas verdes (espinafre, couve, outras) - Brócolis - Cebola

#Catequinas #drLeoKahn

12 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :