Hemorroidas


Hemorroidas

A doença hemorroidária é a dilatação anormal das veias do canal anal. Ela ocorre provavelmente por um aumento do fluxo sangüíneo da região e pela perda da fixação destas veias à parede do canal anal. Surgem inflamações e dores acompanhadas de sangramento, atingindo tanto homens como mulheres. Os sintomas da doença hemorroidária são algumas das queixas mais comuns do mundo moderno, e acredita-se que pelo menos 50% dos indivíduos com idade acima dos 50 anos já tenha experimentado algum sintoma relacionado a hemorróidas. As principais causas são alimentação desbalanceada e o uso da força ao defecar. Esse problema pode ser muitas vezes hereditário e pode surgir em grávidas devido à quantidade de hormônios que é aumentada nesse período, causando inflamação das hemorróidas. Estima-se que cerca de 5% da população possua a doença. O mal, sendo diagnosticada no início, é combatido com a utilização de pomadas e supositório. Mas se o problema estiver adiantado, em último caso é recomendada uma cirurgia. As hemorróidas podem ser classificadas em: - internas e - externas. Ambas provocam muito desconforto e apresentam sintomas semelhantes, como sangramentos. As hemorróidas internas – ou de primeiro grau – são menos graves. Seu tratamento é simples: utilizam-se medicamentos como pomadas. As externas são mais graves e chamadas também de segundo grau, e provocam dores constantes. Muitas vezes é necessária à realização de cirurgia para a retirada das veias dilatadas.

Sinais e Sintomas: - Quando o paciente sofre de hemorróidas internas, geralmente a principal queixa é de sangramento anal indolor, que acontece logo após as evacuações. - O sangramento pode ser percebido no vaso sanitário ou no papel higiênico ao se limpar. - Também é freqüente a queixa de que o sangue fica pingando no vaso após o esforço na evacuação. - Trombose hemorroidária significa a formação de um coágulo dentro da veia, seguido de um processo inflamatório com inchaço e dor local. - A trombose hemorroidária é a manifestação mais comum das hemorróidas externas e geralmente não sangra. - O paciente também pode queixar-se de coceira no ânus e região perianal, e secreção nas roupas íntimas.

SAIBA MAIS: - Dê preferência a alimentos ricos em fibras como cereais, frutas, legumes e verduras; - Procure ingerir 25 a 30 gramas de fibras/dia. - Faça refeições regulares, e mastigue bem os alimentos; - Habitue-se a comer todos os dias nos mesmos horários; - Procure ingerir no mínimo 2 litros de água por dia, e sempre que possível evite ficar “se segurando”; - Procure fazer atividades físicas diárias e regulares; - Evite pimentas, álcool, alimentos ricos em gordura animal e condimentos, devido à ação irritante sobre a mucosa previamente lesada; - Evite medicamentos constipantes como antiácidos, alguns antidepressivos, diuréticos e antiinflamatórios; - Evite Alimentos que provoquem prisão de ventre como farináceas, maçã e banana-maçã, entre outros; - O uso de laxantes sem orientação médica é prejudicial, pois alguns podem levar à diarréia – piorando o quadro clínico; - Evite o uso de papel higiênico sempre que possível. - Faça a higiene com água e sabonete; - Vá ao banheiro sempre que sentir vontade e permaneça no vaso sanitário apenas o tempo necessário que estiver sentindo vontade. - Evite levar livros, revistas e jornais;

Diante dos sintomas relatados pelo paciente, o médico precisa fazer um exame da região anal, o exame proctológico, para avaliar o tipo de hemorróidas e descartar a existência de neoplasia. Nos pacientes acima de 50 anos e naqueles com risco aumentado para o câncer colo-retal, a colonoscopia deve ser realizada. Na realização da anuscopia e retossigmoidoscopia, é utilizado um aparelho – em que há um sistema de iluminação – que permite avaliar o canal anal e o reto internamente. Assim, o examinador define o tipo de hemorróidas, o que é fundamental para definir o tratamento. Procure seu médico e o auxilio de uma nutricionista para tratar a constipação intestinal. Diante de qualquer um dos sintomas relatados acima, procure o especialista da área, o proctologista.

#Hemorroidas #drLeokahn

16 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :