Triquiase


Triquiase

Os Cílios são estruturas semelhantes ao cabelo, que servem como barreiras que impedem que pequenas partículas como poeira e microrganismos cheguem aos olhos. Com cerca de 200 unidades em cada olho, a sua duração é de 90 a 150 dias até cair, sendo substituído por outro. Quando os cílios perdem seu alinhamento natural e começam a crescer em direção ao globo ocular sem alterar a pálpebra, é chamado de Triquiase. Esse problema pode ser congênito ou adquirido e como consequência acarretar uma irritação permanente da conjuntiva bulbar e da córnea, podendo ocorrer ainda a ceratite ou a conjuntivite. Pode ser dividida em: - Pseudotriquíase – essa falsa triquiase ocorre quando há inversão da pálpebra e seu retorno ao natural. - Cílios metaplásicos – surgem em pacientes com conjuntivite cicatricial, no penfigóide ocular cicatricial e lesão química. - Distriquíase - fileira secundária de cílios mais finos e menores que os normais, geralmente são esporádicas ou herdadas de forma dominante.

Alguns pacientes têm a síndrome distiquíase-linfoedema, que tem por característica o linfoedema crônico, cistos aracnoides espinhais e defeitos cardíacos congênitos.

Fatores de risco: - Oleosidade da pele palpebral. - Penfigóide ocular. - Entrópio. - Blefarite. - Queimaduras químicas e térmicas.

Sinais e Sintomas: - Irritação ocular. - Sensação de areia nos olhos. - Vermelhidão. - Coceira. - Ardor. - Erosões epiteliais punctatas. - Ulceração corneana. - Formação de panuus em casos severos e de longa duração.

O diagnóstico é realizado pelo médico oftalmologista através do histórico e do exame físico do paciente.

SAIBA MAIS: - Um dos sintomas frequentes é a impressão de estar com areia nos olhos. - Mantenha as mãos limpas e unhas aparadas quando for fazer a limpeza da região ocular. - Evite a má alimentação. - Cuidado com a ingesta de alimentos gordurosos. - O calor e o suor potencializam a oleosidade da pele. - Limpe frequentes as pálpebras. - Não use maquiagem, pode agravar. - Se não for tratada, pode causar uma agressão muito forte e definitiva na córnea. - Pode ocorrer isoladamente ou estar associada à cicatrização da margem palpebral causada pela blefarite crônica, Herpes-zoster oftálmico e tracoma. Procure um oftalmologista.

#Triquiase #drLeoKahn

12 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :