Azoospermia - Ausência de espermatozoides no sêmen causa infertilidade


Azoospermia

Azoospermia e a ausência de espermatozoides no sêmen ou falha na formação dos espermatozoides, pode ocorrer em decorrência de insuficiência testicular primaria, obstrução ou vasectomia previa. O sêmen ejaculado pelo homem durante o ato sexual e composto principalmente por liquido produzidos nas vesículas seminais, próstata e 5% do volume total corresponde a espermatozoides provenientes dos testículos. Quando o sêmen não possui espermatozoides, pode ser que eles não sejam produzidos (azoospermia secretora) ou que, apesar de produzidos, não consigam chegar ate a uretra para formar o liquido ejaculado (excretora). De 1% a 2% de todos os homens tem azoospermia - entre os inférteis, a taxa aumenta: de 15% a 20%. A azoospermia excretora se caracteriza por processos obstrutivos das vias de drenagem do fluido testicular, problema que pode ser congênito ou adquirido.

Fatores de Risco: Os congênitos são devidos a anomalias do desenvolvimento embrionário, como as agenesias do canal deferente e vesículas seminais e as aplasias que acometem o desenvolvimento incompleto do órgão. Já os processos obstrutivos adquiridos acontecem principalmente por causa de traumas, infecções e cirurgias nos canais seminais. Cuidado com traumas, que são as principais causas de lesão testicular primaria; Obstrução e a segunda causa mais importante de azoospermia A vasectomia é a causa cada vez mais comum de azoospermia nos países ocidentais e em países como a Índia, em que ela e um dos métodos preferidos de contracepção; Em muitos homens, a azoospermia pode resultar de uso de drogas citotóxicas, irradiação ou devido a fatores presentes durante a vida fetal. No entanto, na maioria dos casos o motivo e desconhecido; Ao se decidir por reversão cirúrgica, deve-se observar o tempo de intervalo entre a vasectomia, a reversão e a idade da esposa. As melhores chances são observadas em mulheres com menos de 35 anos; Quando a testosterona e o LH são alterados, em geral a reposição de testosterona pode resolver o problema.

Sinais e Sintomas: Infertilidade Masculina.

SAIBA MAIS: A azoospermia secretora se caracteriza por processos que causam falência na produção espermática pelos testículos. Essa falência testicular pode ser primaria, quando causada por processos intrínsecos, ou secundaria, quando decorre de alterações externas aos testículos. A ausência de espermatozoides no ejaculado constitui um achado quase sempre inesperado e fortemente traumático para o equilíbrio psicológico do homem e do casal. O espermograma, que e o exame que detecta o problema, geralmente e solicitado no contexto do estudo de casais inférteis. Quanto ao estudo do homem com azoospermia, para alem de outros exames, e quase sempre imperativo realizar uma biopsia. Um homem só deve ser considerado estéril apos biopsias nos dois testículos. O espermograma deve fazer parte de uma rotina pre-conjugal, permitindo aos casais um conhecimento antecipado de fatores de infertilidade.

DICAS:

As doenças sexualmente transmissíveis podem causar a epididimite e determinar um bloqueio, resultando em azoospermia permanente. Por isso, use sempre preservativo;

A insuficiência testicular secretora primaria ocorre devido a defeitos genéticos, testículos que não desceram, lesão física dos testículos ou caxumba na puberdade;

Azoospermia obstrutiva também e devida a ausência do epidídimo e outras partes do sistema ductal, incluindo os vasos deferentes, problemas geralmente de origem genética;

É importante observar que quando um casal procura ajuda e porque esta com dificuldade em conseguir uma gravidez. Os dois devem ser investigados desde o inicio, não protele o exame de espermograma;

Tratamento da azoospermia obstrutiva, em geral, e cirúrgico e os resultados da cirurgia dependem da localização do bloqueio. Há uma taxa de sucesso de 50% naqueles pacientes com uma obstrução na cauda do epidídimo devido à gonorreia; Os processos adquiridos acontecem principalmente por infecções e cirurgias de vasectomia, hidrocelectomia e herniorrafia inguinal. Ao se decidir por reversão cirúrgica, deve-se observar o tempo de intervalo entre a vasectomia, a reversão e a idade da esposa. As melhores chances são observadas em mulheres com menos de 35 anos; Cuidado com traumas, que são as principais causas de lesão testicular primaria; Obstrução e a segunda causa mais importante de azoospermia;

A vasectomia é a causa cada vez mais comum de azoospermia nos países ocidentais e em países como a Índia, em que ela e um dos métodos preferidos de contracepção;

Em muitos homens, a azoospermia pode resultar de uso de drogas citotóxicas, irradiação ou devido a fatores presentes durante a vida fetal. No entanto, na maioria dos casos o motivo e desconhecido;

Ao se decidir por reversão cirúrgica, deve-se observar o tempo de intervalo entre a vasectomia, a reversão e a idade da esposa. As melhores chances são observadas em mulheres com menos de 35 anos;

Quando a testosterona e o LH são alterados, em geral a reposição de testosterona pode resolver o problema. Nesse caso o diagnostico pode ser presumido por alterações da libido ou ereção e confirmado por dosagem hormonal;

O especialista indicado é o medico urologista.

#drLeokahn #Azoospermia

80 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :