Aneurisma de Aorta Torácica - Pesquisas mostram relação com ateriosclerose


Aneurisma de Aorta Torácica

A artéria aorta é a maior do corpo humano, chamada de torácica no segmento que passa pelo peito e de abdominal quando passa para o abdômen, sendo o Aneurisma da aorta torácica (AAT) as dilatações que se formam na aorta em sua porção torácica. Acomete uma quarta parte de todos os casos de aneurismas aórticos, sendo que o mais frequente é quando a aorta dilata-se a partir do ponto onde sai do coração. Esta dilatação causa um mau funcionamento da válvula que se encontra entre o coração e a aorta (válvula aórtica), permitindo que o sangue retroceda para o coração quando a válvula se fecha. Os Aneurismas rompidos podem causar hemorragia interna grave, estado de choque ou até mesmo morte, por isso a importância de se iniciar o tratamento o mais cedo possível. Cerca de 50 % das pessoas com este problema têm a síndrome de Marfan ou uma variante da mesma, os outros 50 % não se encontra uma causa evidente, embora estas pessoas tenham com frequência uma pressão arterial alta. Alguns pesquisadores acreditam que o AAT está relacionado com aterosclerose, que ao envelhecer ocorre um processo de endurecimento e reação inflamatória crônica nas paredes das artérias, que normalmente são lisas e elásticas. A placa que se forma na aterosclerose é composta de substâncias como colesterol, cálcio e tecido fibroso, que vão se acumulando nas paredes das artérias. A ruptura da placa de aterosclerose leva ao enfraquecimento da parede e à formação do aneurisma. Acredita-se que outros fatores também estejam envolvidos na formação dos aneurismas, tais como hipertensão arterial e fatores genéticos; tabagismo, obesidade, colesterol, diabetes e história familiar de doença cardiovascular. Outras doenças como sífilis e tuberculose também podem ajudar no processo de enfraquecimento da parede da aorta torácica e aumentar o risco.

Os aneurismas se desenvolvem lentamente durante muitos anos. A maioria dos pacientes não apresentam sintomas até que o aneurisma comece a vazar ou dilatar. Muitas vezes, os sintomas surgem subitamente quando:

Sinais e Sintomas: O aneurisma cresce rapidamente O aneurisma se rompe O sangue vaza pela parede da aorta (dissecação da aorta) Se o aneurisma pressionar estruturas próximas, os seguintes sintomas poderão surgir: Rouquidão Problemas para engolir Respiração aguda (estridente) Inchaço no pescoço

Outros sintomas podem incluir: Dores nas costas ou no peito Náusea e vômito Ritmo cardíaco acelerado Baixa pressão sanguínea Nos casos de aneurismas grandes, as válvulas cardíacas podem ser afetadas, levando a uma condição chamada de insuficiência cardíaca congestiva.

O médico faz o diagnostico de um AAT a partir do histórico e seus sintomas, podendo utilizar exames como: radiografia do tórax, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou a ecografia transesofágica para determinar o tamanho do aneurisma. A aortografia utiliza-se, geralmente, para determinar o tipo de cirurgia que deverá ser realizada.

SAIBA MAIS: Pessoas com idade avançada e homens são mais afetados. Quando se produz a ruptura de um aneurisma aórtico torácico, habitualmente no início há uma dor intensíssima na parte superior das costas. Alguns pacientes podem apresentar mais de um aneurisma comprometendo a aorta torácica ou então apresentar o abdominal junto com o AAT. Grandes aneurismas devem ser tratados o mais rápido possível para evitar sua ruptura. Nessa condição, os índices de mortalidade são elevados mesmo com o tratamento adequado. O risco de morte durante a reparação dos aneurismas torácicos é de 10 % a 15 %. A pessoa afetada pode tossir com sangue devido à pressão ou à erosão da traqueia ou das vias respiratórias vizinhas. A pressão sobre o esôfago, o canal que leva os alimentos ao estômago, pode dificultar a deglutição. Pode verificar-se rouquidão se for comprimido o nervo da laringe. As radiografias do tórax podem revelar um desvio da traqueia. A presença de pulsações anômalas na parede do tórax pode ser também indicativa de um aneurisma aórtico torácico.

#drLeoKahn #aneurismadeaortatoracica #doençascardiocirculatorias

55 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :