Estrias - A melhor opção é a Prevenção.


Estrias É o rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina, que são responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade. As estrias são atrofias lineares formadas pelo rompimento das fibras elásticas e comprometimento do colágeno resultante de um estresse mecânico de estiramento ou estresse fisiológico de estímulo hormonal. As fibras rompidas são inundadas de sangue, formando uma lesão que se reflete na pele como minicicatrizes avermelhadas que com o passar do tempo vão adquirindo uma coloração esbranquiçada. Não escolhe classe social, idade, cor da pele, muito menos quando vão aparecer. Podem afetar homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres no transcorrer da gestação, e até mesmo em crianças, sendo localizados geralmente nas mamas, quadris, culotes, coxas e nádegas. Cerca de 90% das mulheres atuais desenvolvem estrias durante a gravidez.

As estrias podem surgir de diversas formas: - Efeito Sanfona; - Crescimento rápido; - Tempestade hormonal; - Excesso de exercícios; - Gravidez; - Ressecamento da pele.

Sinais e Sintomas: - Existem vários estágios no processo de formação das estrias. - Em um estágio inicial as estrias são de cor rosada. - Nesta fase, o tratamento pode atingir até 100% de resultados, pois o tecido tem ainda uma enorme capacidade regenerativa. - Com o tempo as estrias começam a alongar-se e tornam-se arroxeadas. - Neste estágio a chance de sucesso no tratamento diminui, mas ainda é significativa. - Quando as estrias assumem um tom branco-nacarado elas já estão mais largas, têm de 2mm a 4 mm. São as mais difíceis de tratar.

SAIBA MAIS: - A pele com estria possui colágeno e elastina, mas de forma totalmente desorganizada. Por isso, é mais importante fornecer substâncias que ajudam na reorganização destas duas proteínas, para que elas voltem naturalmente à sua disposição na pele. - Hidratação diária pode ajudar a prevenir e a amenizar as estrias, desde que os cremes contenham substâncias ativas com estas propriedades. - Para conter o problema, é preciso repor substâncias que ajudam na reorganização do colágeno e elastina na pele. - Os princípios ativos hidratantes têm mais sucesso com os chamados redensificadores dérmicos que fornece colágeno e elastina à cútis. - Por conta das mudanças de hábitos, até os homens modernos estão sofrendo com as estrias, que aparecem em diferentes situações, como crescimento, alterações de peso e excesso de musculação. * Tratamentos:- - Laser: É um tratamento bem moderno para redução das estrias. É realizado um tipo de lixamento da pele, que elimina uma boa parte da camada superficial. Ajuda reduzir as estrias e pode acabar com aquelas mais recentes. - Ácido: O tratamento é realizado com aplicação de cremes à base de ácido retinóico que aceleram a renovação celular e atua na formação de colágeno novo. O resultado só é percebido após um ano e deve ser interrompido se a pessoa for para o sol. - Lipo: Para alguns casos a aspiração da gordura superficial na região onde não há estrias estimula a produção de colágeno da pele, melhorando sua elasticidade. - Peeling: Este tratamento é realizado através do lixamento da pele feito com o Skin Lifting, um aparelho italiano que promove um tipo de peeling profundo, ou dermoabrasão, devido à ação abrasiva de um jato de microcristais de óxido de alumínio. O peeling elimina de forma suave e uniforme as camadas superficiais da epiderme. O que leva a regeneração celular, resultando no surgimento de uma nova pele. Procure aconselhamento médico para a prevenção e tratamento , nesse caso os especialistas são o médico esteticista e o dermatologista.

#Estrias #drLeoKahn

5 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :