Deficiência de vitamina A


Deficiência de vitamina A

A vitamina A participa no crescimento e diferenciação celular, resposta imune e possui importante papel no processo da visão. A deficiencia de vitamina A no organismo pode provocar uma doença conhecida como cegueira noturna, cegueira permanente, o endurecimento dos revestimentos dos pulmões, intestino e do trato urinário, além de aumento da susceptibilidade da pele às infecções. O Retinol (vitamina A) é encontrado principalmente no óleo de fígado de peixe, gema do ovo, manteiga e natas, enquanto que os vegetais de folha verde e os amarelos contêm carotenóides, como o betacaroteno, o qual se converte lentamente em vitamina A no organismo. A deficiência de vitamina A constitui um problema grave de saúde, com alta incidência em regiões como a Ásia, África e América Latina, sendo que o Brasil foi classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela OPAS como área de carência sub-clínica grave. Subestima-se o número de casos de carência sub-clínica dessa vitamina inclusive em países desenvolvidos, como os Estados Unidos, onde a ingestão inadequada de retinol e carotenóides é o principal fator etiológico. Acomete mais de 124 milhões de crianças, causando de 1 a 2 milhões de mortes anualmente entre 1 a 4 anos de idade e é considerada a principal causa de cegueira infantil no mundo.

Fatores de risco: - Desnutrição ou carência alimentar, - Síndrome de má absorção, - Ingestão excessiva de alcool, - Uso de laxantes à base de óleo mineral, - Bebês que não passam pelo período de amamentação correm sérios riscos de desenvolver Deficiência de Vitamina A, - Doença celíaca, - Fibrose cística, - Icterícia obstrutiva, - Cirrose, - Giardíase.

Sinais e Sintomas: - Cegueira noturna, - Gripes e resfriados constantes, - Acne, - Boca e pele seca, - Unhas rígidas, que se descamam facilmente, - Falta de apetite, - Cefaléia, - Dor nos olhos, - Cabelos sem brilho, - Diminuição da fertilidade, - Perda do olfato.

SAIBA MAIS: - A deficiência de vitamina A é frequente em zonas como o Sudeste asiático, onde o arroz sem casca, que carece de vitamina A, é a principal fonte de alimentação. - Seus efeitos são observados principalmente em crianças em idade escolar, associada a outras deficiências nutricionais. - Primeiro sintoma da deficiência de vitamina A é a cegueira noturna. - O agravamento do quadro pode reverter em prejuízo parcial ou total da visão. - Algumas pessoas têm uma anemia leve. - Na deficiência de vitamina A os valores desta no sangue diminuem até menos de 15 microgramas por 100 ml, o valor normal é de 20 a 50. - Alimentação saudável e equilibrada é essencial para a saúde. - Fontes de vitamina A: Fígado, Cenoura, Batata doce, Manteiga, Espinafre, Abóbora, Melão, Ovos, Damasco, Papaia, Manga, Brócolis, Ervilha, entre outros. - A deficiência de vitamina A tem diagnóstico precoce difícil. - A cirurgia do intestino ou do pâncreas pode desencadear a hipovitaminose. - Casos de deficiência nutricional primária de vitamina A são raros no ocidente

O diagnóstico é realizado pelo médico através do historico e pelos achados clínicos, após exame físico, podendo ser solicitado exames complementares como a medição dos níveis séricos de retinol. O tratamento para a carência de vitamina A e alívio dos sintomas baseia-se na administração de suplementação vitamínica e a prevenção se faz com uma alimentação variada, procure um médico.

#DeficiênciadevitaminaA #cegueiranoturna #drLeoKahn

26 visualizações

Visto em

    Gostou da leitura? Compartilhe agora e me ajude a proporcionar informações e orientações aos meus leitores :